quinta-feira, 30 de outubro de 2014

DILMA MÁ!


Passa o tempo, tanta gente a se enganar...

De repente, essa tristeza pra votar
Em quem nunca foi sincero e me traiu!
Com medo de ser feliz, o sonho já sumiu.

Dilma má, esse é o meu suplício!

Dilma má, mais um sacrifício...
Dilma má, o Brasil se cansa,
Dilma má, fim de uma esperança...

Dilma má, tanta hipocrisia!

Dilma má, quanta porcaria!
Pra você, nunca dei meu voto;
Do PT, nem quero uma foto!

Dilma má, mãe dessa miséria,

Dilma má, vá para a Sibéria!
Dilma má, pega esse barbudo,
Vá pra Cuba, leva esse chifrudo!





Passa o tempo e tanta gente a trabalhar
De repente essa clareza pra votar
Sempre foi sincero de se confiar
Sem medo de ser feliz
Quero ver você chegar
Lula lá, brilha uma estrela
Lula lá, cresce a esperança
Lula lá, o Brasil criança
Na alegria de se abraçar
Lula lá, com sinceridade
Lula lá, com toda a certeza pra você
Um primeiro voto
Pra fazer brilhar nossa estrela
Lula lá, muita gente junta

Valeu a espera
_________________________________________________________________
E pensar que, um dia, ele foi, de fato, a esperança de uma transformação radical na política brasileira... hoje, o que resta é essa amargura pela traição do PT e de LULA aos ideais de 1989, ao partido ético e à alegria que era fazer campanha para o PT. Naquela época "oPTei" era mais do que um símbolo político, mas uma verdadeira OPÇÃO de luta pacífica por um país mais justo, solidário, honesto e digno... infelizmente, o sonho acabou...
Postar um comentário