quinta-feira, 12 de junho de 2014

A TORCIDA ENVERGONHADA


Por toda parte, o que se vê é desânimo: carros e fachadas sem bandeiras, pessoas desmotivadas, protestos em toda parte. Apenas a Gloebbels insiste em promover a Copa, para preservar seus investimentos, satisfazer seu...s anunciantes e atender às ordens da FIFA em não divulgar protestos. "Nunca na História desse país" vimos o Brasil tão desatento ao seu esporte predileto! Qual seria a causa de tamanho desinteresse?

Algumas respostas são óbvias: a população se mostrou consciente, denunciando os excessos do governo em patrocinar essa Copa, que mesmo #DILMA afirmou ser um evento privado e que, portanto, não fazia sentido o povo "atacar" o governo pelo desperdício de dinheiro público! Mas o desperdício aconteceu, assim como os atrasos nas obras e a fragilidade de "nossos" esforços para atender às exigências da FIFA.

Outra causa, não distante da primeira, é o descrédito total nos políticos brasileiros, particularmente aqueles do #PT, que traíram a confiança de seus próprios afiliados, "vendendo sua alma ao diabo" para permanecer no poder. Para isso, valeu-se do Mensalão, da Petrobrás, das alianças com o agronegócio e da Copa do Mundo, que, mesmo sendo "um evento privado", ficou indelevelmente associado ao governo petista. Só que "o feitiço virou contra a feiticeira" e essa copa está fadada a ser mais um fracasso populista!

Se os investimentos foram bilionários, foram também mal direcionados e mal administrados, pois o país precisa de obras que tragam crescimento sustentado e relacionados com aspectos sociais, o que não é o caso desse evento esportivo, por mais fanatismo que haja pelos gramados no "país do futebol". Passada a Copa, para que servirão tantos e tão suntuosos estádios?

Mas "a torcida envergonhada" mostra-se incrédula até mesmo com o futuro mais próximo, o das eleições presidenciais, diante do quadro estarrecedor de termos três candidatos, mas nenhum caindo nas graças da população. Fica a pergunta: qual seria a diferença entre eles? Qual o "diferencial competitivo", o "capital intelectual e pessoal" de cada um dos candidatos, para pleitear o cargo supremo da Nação? E, para piorar, a possibilidade que existe de que os votos nulos, em branco e as abstenções superem os votos do primeiro colocado, depois de apurados os resultados das eleições!

Essa TORCIDA ENVERGONHADA deseja, no fundo de seus corações, que o Brasil vença a Copa, mesmo sabendo que, ao vencê-la, estará dando mais combustível para que a "PresidAnta" alcance seus objetivos, e o PT consiga se "perpetuar" no poder por mais oito anos, pois depois de Dilma, certamente #LULA voltará como o "Salvador da Pátria", diante do fracasso inevitável de sua política econômica, assim como Collor se elegeu em 1990, com apoio velado, mas óbvio da Gloebbels, que até criou a personagem "Sassá Mutema", mais apropriada à figura caudilhesca de LULA do que a COLLOR!

Vejamos, pois, o resultado dessa pantomima, com suas duas possibilidades, a conferir: ou o Brasil sai como campeão do mundo, e favorece os sonhos petistas de continuar como hóspede do Planalto, ou a seleção frustra os sonhos dos brasileiros fanáticos, e as possibilidades de vitória petista se tornam ainda mais remotas. De qualquer modo, é lamentável que a escolha de um governante esteja de tal forma atrelada a um jogo de futebol...
Ver mais
Postar um comentário